22 de abril uma data histórica significativa para o Brasil

“Durante muito tempo, acreditou-se, no Brasil, que a data da chegada dos portugueses era 3 de maio. Isso porque, até meados do século XIX,...

- 22/04/2022 8h57 | atualizado em 22 de abril de 2022 as 8h57

“Durante muito tempo, acreditou-se, no Brasil, que a data da chegada dos portugueses era 3 de maio. Isso porque, até meados do século XIX, a carta de Pero Vaz de Caminha estava perdida nos documentos do Império Português, e, como não era possível ter acesso a ela, detalhes importantes desse acontecimento estavam perdidos. Essa impressão incorreta é atribuída a um historiador português que viveu no século XVI — Gaspar Correia.

Esse historiador interpretou a mudança do nome do Brasil de Terra de Vera Cruz para Terra de Santa Cruz como um indicativo de que a chegada dos portugueses tinha acontecido no dia 3 de maio. Essa interpretação foi baseada no fato de que o dia 3 de maio era dedicado à comemoração religiosa da Santa Cruz, em Portugal. Assim, ele deduziu que os portugueses haviam dado esse nome ao Brasil porque teriam chegado aqui nesse dia.

Só em 1817, quando o padre Manuel de Aires de Casal encontrou a Carta de Pero Vaz de Caminha é que se resgatou a informação de que a chegada dos portugueses aconteceu no dia 22 de abril e não em 3 de maio. Foi necessário mais de um século para que todos os vestígios da interpretação incorreta de Gaspar Correia desaparecessem.”

“Apesar do 22 de abril ser uma data significativa para o Brasil, ela não é um feriado nacional. O descobrimento foi feriado no país até 1930, mas deixou de sê-lo quando uma lei, emitida pelo governo de Getúlio Vargas, aboliu alguns feriados do nosso calendário.

Atualmente, os feriados nacionais são delimitados por duas leis: a 10.607, de 19 de dezembro de 2002, e a 6.802, de 30 de junho de 1980. Por meio delas, definiram-se oito feriados nacionais (quando se fala de datas fixas) em nosso país, e o dia 22 de abril não é um deles.”

“Como dito, o dia do descobrimento já foi considerado um feriado nacional, mas sua comemoração não era realizada em 22 de abril, e sim em 3 de maio. Isso foi feito pelo Governo Provisório, que assumiu o país após a Proclamação da República, por meio do Decreto nº 155-B, de 14 de janeiro de 1890.

Os historiadores argumentam que o motivo provável para o feriado em 3 de maio e não em 22 de abril, como se sabia na época ser a real data do descobrimento, era não haver feriados em dois dias seguidos (21 e 22 de abril). Com isso, os governantes da época optaram por escolher a data falsa para comemoração da chegada dos portugueses. O Decreto nº 19.488, de 15 de dezembro de 1930, aboliu esse feriado, garantindo a consolidação do 22 de abril.”

Veja mais em: https://brasilescola.uol.com.br/datas-comemorativas/dia-do-descobrimento-do-brasil.htm

 

Deixe uma resposta